Amanhã é dia do produtor rural

Amanhã, dia 25, é lembrada uma data muito especial, o dia do produtor rural. Para conhecermos sobre o trabalho de um produtor rural, o Para Ouvir e Aprender foi até o Mercadão 2 Mil, maior espaço público onde ocorre o comércio de alimentos de Santarém.
Ao chegar no local, encontramos os produtores e produtoras rurais em suas barraquinhas. Trabalhadores que acordaram antes mesmo do sol surgir. São pessoas simples e dedicadas como o produtor de jerimum, Manuel Silva, da comunidade de São Pedro, na região de planalto. Seu Manuel nos conta que o trabalho na produção de jerimum se dá por todo o ano, uma cultura que exige muito esforço e dedicação. “Essa safra começamos em novembro de 2009, e quando chegou fevereiro de 2010, fizemos a colheita”, conta o produtor.

                                         

          Manuel Silva (camisa rosa), produtor rural

“São muitas as tarefas que temos para fazer no cultivo do jerimum como sempre estar atentos ao ataque de lagartas”, lamenta o produtor rural. Não só a lagarta como o sol, a chuva, e a longa distância da zona rural para o centro da cidade, onde geralmente são vendidos os produtos do campo, além do comprador, são obstáculos que o homem do campo enfrenta. Em média, o quilo do jerimum custa 30 centavos, um preço muito baixo para todo o trabalho como ainda nos explicou o produtor rural.

Venda do jerirum no galpão do Mercadão 2 Mil

Na feira, também conversamos com o produtor rural, Will Pantoja, da comunidade de Lavras, região do planalto. Ele e sua família realizam o cultivo do mamão há quase 18 anos. Will também nos relata que a produção do mamão é bem trabalhosa. “Quando é inverno começamos o plantio dos frutos, e quando chega o verão ocorre a colheita”, explica o produtor rural.

Will Pantoja, produtor rural
  
Na plantação de mamão do produtor Will Pantoja existem cerca de mil pés. É mamão para não acabar mais. Com o fruto podemos fazer vitaminas, doces, e até torta. Tanta coisa boa que faz muito bem à saúde.
É isso aí criançada, e para quem não gosta de mamão não sabe o que está perdendo, assim também é o jerimum, os dois alimentos são ricos em fibras. São cultivados no campo e super importantes à saúde do nosso organismo. Importante também é o trabalho do homem do campo. Viva  o trabalhador do campo! Parabéns pela garra, e nunca desistam de lutar por condições cada vez melhores de trabalho.

Ouça o Para Ouvir e Aprender pela Rádio Rural de Santarém. Vai ao ar de 7:30h às 8h, e das 14:05h às 14:35h, nos seguintes dias: 2ª-feira, 4ª-feira e 6ª-feira.

Fonte: PRPE

Anúncios
Esse post foi publicado em Geral. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s