Ausência do pai contribui para criminalidade entre jovens

Levantamento feito no Centro Socioeducativo Santa Clara, em Minas Gerais, aponta que 45% dos 55 jovens internados no local foram abandonados pelo pai quando crianças. O índice sobe para 69% após o envolvimento do filho no primeiro delito. Segundo a Secretaria de Estado da Defesa Social (Seds), a amostragem reflete a realidade em todos os 28 centros de recuperação existentes no estado. A diretora da unidade, Ana Selles, explica que para tentar amenizar a situação, psicólogos e assistentes sociais buscam aproximar os jovens dos pais. Segundo ela, são realizadas visitas nas casas das famílias com o intuito de se entender como se dão as relações e que há um trabalho para que o adolescente consiga conviver com a ausência do pai.

[O Tempo (MG), Raphael Ramos – 18/01/2010]

Fonte: Andi
Foto: Abril

Anúncios
Esse post foi publicado em Geral. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s